quinta-feira, 19 de junho de 2008

Borboleta


Gosto de borboleta.
Não precisa ser
colorida,
basta que seja azul.
Pode ser dessas que dão na barriga
acompanhadas de um riso bobo,
ou daquelas que voam no céu nu
levadas por mais uma metáfora.

Gosto dele.
Não precisa gostar de mim,
basta que seque as lágrimas.
Pode ser dessas que molham
acompanhadas de meias verdades,
ou daquelas de plena alegria
descritas por mais uma hipérbole.

Gosto da lembrança.
Não precisa ser única,
basta que seja a primeira.

Pode apenas ser azul
acompanhadas dele,
ou somente dele
voando entre antíteses.


____________________________________


[Dedico a você, que em meio a desentendimentos
uma borboleta azul nos trouxe o sorriso. Te amo.]
Stéphanie Badaui.

3 comentários:

Rachel disse...

Aiiin que liiindo *-*

nath disse...

own que bonitiiiinho *-*

Alice Daniel disse...

Bom quando podemos receber de borboletas azuis sorrisos que nos trazem o amor de volta.
Lindo